26/08/12

Assange e o Desejo

Quando esta crónica for publicada talvez eu já esteja a banhos e Assange no Equador. É difícil de prever. Londres insiste em mandá-lo para a Suécia. Quito ofereceu-lhe asilo, mas como chegar a Quito? San Francisco de Quito, de seu nome completo, fica no “meio do mundo”, está rodeada por vulcões e eleva-se a mais de 2800 metros de altitude. Tudo isso é o menos, claro. O problema, para já, é chegar ao aeroporto. Dentro da mala diplomática? Inside of a dog?
Eu nunca fui a Quito. Tenho pena. Também gostava muito de visitar as Galápagos, embora nas Galápagos não se possam dar voltas de tartaruga.
À Suécia já fui e não serei eu a dizer que fiquei apaixonada. A coisa mais engraçada que tenho a dizer sobre a Suécia é que ainda hoje sou capaz de distinguir o sueco das outras línguas nórdicas (apesar de não falar nenhuma…), devido ao consumo exacerbado de Bergman durante a adolescência. Quanto à vida sexual sueca, qualquer coisa me escapava então, e continua a escapar-me agora.
Confesso que o que mais me encanita, porém, é a posição missionária inglesa.
Depois de, em 2009, terem libertado e despachado para a agradecida Líbia, Al-Megrahi, o bombista de serviço a Lockerbie que em 1988 matou 259 pessoas a bordo de um avião, mais 11 em terra, e, em 2000, o Pinochet para o Chile – “may be a son of a bitch, but he's our son of a bitch” –, porquê este circo em torno de um homem que apenas dormiu com duas voluntárias suecas, e uma de cada vez?
A coisa tresanda a arenque e a cilada e duvido que mais alguém as convide para a cama.
Pobre Mónica! (entenda-se aqui por Mónica a Harriet Andersson e não a mãe de Agostinho, outro que também era fresco).

6 comentários:

Manuela Sá Carneiro disse...

Absolutamente DELICIADA com este blog!
e pronto, para já.. é só isto...

fallorca disse...

Mas ca ganda banhada, fiufiu...

Anónimo disse...

Touché, Ana. Ótima análise!

Paulo Alves disse...

não gosto do Equador. lá nao usam preservativos. (e também não aprecio o MST, excepto quando está a ver a bola, claro).

Anónimo disse...

a citação é relativa ao Trujillo, não ao Pinochet!

Táxi Pluvioso disse...

Assange não sai da Inglaterra, a não ser que lhe assista um cancro ou seja muito velhinho e ele vá morrer a casa.