05/10/10

No meu caso não foi tanto o sexo anal, foi mais o Manuel Alegre

O feicebuque é um lugar estranho. À Menina Limão expulsaram-na. A mim convidaram-me para apoiar o Alegre. Qualquer dia querem que eu seja amiga da Lídia Jorge.

20 comentários:

Sérgio Lavos disse...

Não dá para pôr um "like" no blogue?

Carlos Azevedo disse...

Mais depressa aderiria ao sexo anal na vertente passiva - nada contra, mas não é a minha praia - do que daria o meu voto ao alegre nas próximas presidenciais - e já o dei, nas últimas, ainda por cima todo contente!

[Um dia destes, se estiver para aí virada, há-de explicar-nos essa 'alergia' à Lídia Jorge. :-)]

Ana Cristina Leonardo disse...

Sérgio, :-)
Carlos, a Lídia Jorge diz banalidades, pensa banalidades e escreve banalidades (e vamos deixar de fora o corte de cabelo...). Um dia destes, quando estiver para aí virada, explico com mais pormenor

Carlos Azevedo disse...

Apenas por curiosidade: aprecia a escrita da Hélia Correia?

Ana Cristina Leonardo disse...

Apenas por curiosidade: o que é que a Hélia Correia tem que ver com a Lídia Jorge?!!!

fallorca disse...

Apenas por curiosidade, feicebuque ou faquebuque ou foi-se o buque?

João Lisboa disse...

Epá, não se percebe nada... vamos lá ver: no caradelivro aprova-se ou desaprova-se o sexo anal? Isto é um ponto importantíssimo que é urgente esclarecer.

Já ler a Lídia Jorge é, sem dúvida, um pouco mais doloroso do que ser sexoanalizado (para quem não aprecia esta modalidade desportiva, claro).

João Lisboa disse...

Numa extraordinária sequência de associações (stream of consciousness mui joyceano, note-se), recordei-me do maravilhoso título português de um porno: "O Senhor dos Anais".

Carlos Azevedo disse...

A pergunta não estava relacionada com a Lídia Jorge. Estou a ler o último livro da Hélia Correia e, como a Ana Cristina Leonardo efectua crítica literária, ocorreu-me perguntar-lhe o que pensa sobre a escrita dela. Contudo, reconheço que não faz sentido perguntar-lhe, sem mais, o que pensa sobre um escritor.

(Quanto à sua questão: para mim, nada. Aprecio muito a Hélia Correia: quer a escritora, de quem leio tudo, quer a pessoa, pelo que me é dado a conhecer através das poucas entrevistas que dá; a Lídia Jorge é-me indiferente, embora tenha gostado do "Vale da Paixão".)

Anónimo disse...

no meu caso fuji pq a alex solnado "quer falar consigo".

Menina Limão disse...

O facebook desaprova o sexo anal. Eu fiz questão de lhes escrever a recomendá-lo vivamente. Ri-me muito sozinha e sôdona Beatriz ainda me respondeu como se eu não a tivesse gozado. Estou tentada a concluir que sou super, mas não vamos precipitar-nos.

João Lisboa disse...

A "carta de recomendação" do sexo anal deveria ser tornada pública - para aqueles que se abstêm de frequentar o caradelivro.

É em momentos difíceis como este que a pátria e o mundo vivem que mais decisivos são os manifestos a favor das grandes causas. Ousar lutar, ousar vencer!

(e a tal foto que desencadeou a querela não está visível)

Menina Limão disse...

ehehe
Embora já tenha admitido a «pior» parte, creio que a carta é demasiado «fora» para a tornar pública. :p

Se tivesse o seu email, poderia reencaminhá-la sem problema. Se tivesse interesse nisso. :)
meninalimao[at]gmail[dot]com

A foto já está visível: http://meninalimao.blogspot.com/2010/10/relax.html

Ana Cristina Leonardo disse...

Carlos, acho que já percebeu... Gosto da escrita da Hélia Correia
Menina Limão, a caradelivro não passa de uma caradecu é o que é

fallorca disse...

Mas caradecu com lombada, ou um só folio?

Anónimo disse...

CONTINUO na minha:

U Falhorca pudia ser abô da Nina Limona

( ele mijaba nas serigrafias da editora &ETC DOS ANÛS 80'S...)

Carlos Azevedo disse...

Sim, Ana Cristina, o tico e o teco já haviam chegado lá.

Ana Cristina Leonardo disse...

Carlos, estava-se mesmo a ver... (mas quem são o tico e o teco?)

Carlos Azevedo disse...

Ana Cristina, um amigo meu costuma usar essa expressão - "o tico e o teco" - para se referir aos neurónios dele.

fallorca disse...

«...( ele mijaba nas serigrafias da editora &ETC DOS ANÛS 80'S...)
Ó sua besta, desde quando é que a & etc. editou ou era repositório (não confundir com supositório) de serigrafias? Quando?