10/10/07

Viagens


Pink Floyd - Wish You Were Here (Veneza, 1989)

2 comentários:

Táxi Pluvioso disse...

Graças a Cronos que a sociedade se renova, apesar de parecer que tudo está na mesma. As Governadoras Civis (que tenho visto), no tempo de Salazar, seriam as donas de casa classe média da Comissão de Censura, junto dos militares reformados. (No Salazar está toda as nossa forma de vida actual. Desde as noivas de Santo António ao folclore+turismo).

Não há Liberdade sem o beneplácito do Polícia, já não basta o “polícia na cabeça” contestado no velho Maio 68. É a Polícia que deve determinar o que é arte ou não. O que podemos ver ou não. O que podemos fazer ou não… O Governo português tem de actualizar rapidamente os nossos "pés chatos" em História de Arte para que acompanhem os colegas ingleses e fiscalizem as exposições feitas por este país de Maria fora. Com certeza que leu o Guardian:

The City of London police have been in, and, says Graham Sheffield, artistic director of the Barbican, "they are completely cool. We're kosher." That means, come Friday, the first ever mainstream exhibition devoted to sex will be unleashed upon an unsuspecting British public.

According to co-curator Martin Kemp: "We are not setting out to shock, but it is certainly provoking." Marina Wallace, another of the curators, added: "We want London to be thinking about nothing but sex for three months."

Graphic hardly does justice to the romp through 2,000 years of art history's frankest moments. But the organisers argue that context is all: which is why Robert Mapplethorpe's fetish photographs; Nan Goldin's slide of a man ejaculating while having sex with his male partner; even an eye-opening 18th century Arabic manuscript illustrating 10 men having group sex, are all absolutely fine by the police.

Joana Dalila Santos disse...

...