28/10/10

Sobre o montanheiro de sequeiro há muitas coisinhas boas no blogue do João Lisboa mas que o bardo Manuel está mesmo lelé da cuca só pode

Cada vez que o homem fala o outro faz eco. A coisa é caricata e a última utrapassa tudo.
Após o anúncio de que a candidatura à presidência de Cavaco seria poupadinha, Alegre veio acusar o montanheiro de sequeiro de atitude populista.
Horas passadas, chega o anúncio: o candidato do PS e do BE vai gastar menos 500 mil euros do que Cavaco.
Vão-me desculpar, que assim como assim está em causa a eleição do representante máximo da nação, mas isto só me lembra aqueles concursos dos putos "a minha pila é maior que a tua", no caso em versão inversa.

9 comentários:

Kássia Kiss disse...

Uma boa ideia seria porem a pila à disposição... Ai desculpem, o dinheiro poupado à disposição de quem mais dele precisa, doá-lo a alguma instituição de caridade, por exemplo.

jaa disse...

Deixe-os lá, Ana Cristina. Se continuarem com o despique talvez ainda cheguem a zero - valor mais do que suficiente para nos transmitirem todas as soluções para os problemas do país que têm na cabeça.

fallorca disse...

Tá tudo liru... que rima com... com... Vá lá, saia uma rima pobre emparelhada ;)

Manuel Vilarinho Pires disse...

O candidato Vieira já desfez as dúvidas:
http://www.youtube.com/watch?v=H8odGBQoB8w
Deus o ajude a recolher as 7500 assinaturas!

fallorca disse...

:)

fallorca disse...

«...o dinheiro poupado à disposição de quem mais dele precisa, doá-lo a alguma instituição de caridade...»
Retirei o lapso das pilas, como devem ter reparado, apenas para sugerir um manicómio onde os internassem a todos

Ana Cristina Leonardo disse...

Kássia Kiss, a ideia das pilas deles à disposição é demasiado assustadora!!!
jaa, eu deixá-los, deixo. eles é que não nos deixam...
fallorca, deixa lá as rimas para o manuel...
Manuel, Vieira à presidência, e é já!

Manuel Vilarinho Pires disse...

Para o manuel (Alegre), quer dizer a Ana! Este Manuel aqui não é dado à rima...
Vou até contar uma história:
Eu já tenho uma certa idade... acabei o liceu em 74, e era um aluno razoável. Mais para o bonzinho que para o razoável. Em todo o liceu tive um único 10. Foi no 3º período do 5º ano, a última vez que tive Português na vida, rimava-se então ao som de Gil Vicente e Camões...
O que me valeu foi ser suficientemente vaidoso para seguir em frente e achar que, apesar do 10, domino razoavelmente o Português nas suas vertentes de leitura, escrita e expressão verbal. Pelo menos, o português técnico!

No domingo à noite o Manuel João Vieira dá um concerto - comício no Maxime. Não sei se vai revelar o manifesto eleitoral que a canção promete...
Aqui: http://www.banana.com.pt/

Kássia Kiss disse...

É assustadora sim, claro, cruzes canhoto. Mas não resisti à tentação, depois que a Ana Cristina falou nos "concursos dos putos" :)