12/08/09

Rir é civilização, caraças! [frase roubada a um amigo monárquico]





Eu, que republicana me confesso, dedico o hino aí de cima aos valentes rapazes monárquicos que tentaram derrubar a república munidos só de um escadote. Sobretudo pelo escadote, mas também na esperança que, seja qual for o regime, deixem de escrever há 99 anos atrás e um acto de resistência contra.

10 comentários:

Carlos Azevedo disse...

Sim, é verdade: rir é civilização. Contudo, eles não tiveram muita piada. E não digo isto por considerar o acto um atentado à República (isso sim, seria ridículo), mas simplesmente porque não passam de uns pobres coitados. Mas, agora que terminou a brincadeira, it's pay time!

Ana Cristina Leonardo disse...

quanto a serem pobres coitados, nada sei. mas que tiveram piada, tiveram. além de que prefiro de longe o hino da maria da fonte ao heróis do mar nobre povo...
enfim, nem sempre se pode estar de acordo.

Anónimo disse...

Quem tem amigos monárquicos com pensamentos tão profundos anda certamente bem acompanhado.
Viva a Maria da Fonte!

Pedro Fontela disse...

Não sei se será da falta de noticias na época de Verão mas realmente muita gente parece estar a levar a coisa a peito quando é óbvio que é um momento humoristico - na minha opinião muitos bloggers com simpatias partidárias estão a usar a discussão em geral de sistemas políticos e de história do século passado para evitarem falar das questões presentes, essas sim determinantes da seriedade e justiça do poder instituido.

Ana Cristina Leonardo disse...

Anónimo, las malas compañias son las mejores já lá dizia o Sabina

Pedro Fontela, como muito bem resumiu o Bruno Sena Martins «entre monárquicos bem humorados e republicanos sisudos estou, naturalmente, com os primeiros». Eu também. Em qualquer estação do ano.

manuel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

Sublinho a profundidade do pensamento. Penso que D. Duarte Nuno também terá pensamentos elevados. Agora essa de "las malas compañias (serem) las mejores" só contaram para você.
Coitadinha!

Ana Cristina Leonardo disse...

Adensa-se o mistério dos anonymus parvis

MaJ disse...

prefiro de longe o hino da maria da fonte
Tal e qual. Subscrevo por inteiro: texto, hino, escadote e defesa da língua.

Ana Cristina Leonardo disse...

MaJ, estamos assim de acordo em todas as frentes