31/08/09

Ontem a meio da tarde dei comigo a pensar no Augusto Santos Silva

Não se ponham com ideias. Foi só por causa d' A Segunda Guerra Mundial, o livro de Martin Gilbert que ando a ler.
Às tantas tropecei na imagem acima. Um comboio de tropas alemães a caminho daquilo a que Hitler viria a chamar um figo, levando pintalgado no exterior uma frase que traduzida dá nisto: Vamos para a Polónia malhar nos judeus.
Lembrei-me do actual ministro da propaganda. Mantidas respeitosamente as distâncias e circunstâncias (mas e se as últimas fossem outras?).
Não me interpretem mal. Malhar pode suceder a todos. Quem nunca malhou que atire a primeira pedra… e eu encolho-me. Mas quem lhe toma o gosto vai um bocadinho mais longe... Por exemplo, até Varsóvia.
Por essas e por outras, acho sempre preferível uma gritaria elevada. Com argumentos à altura. Quanto ao estilo queres porrada? queres porrada?, vulgo estilo Sarkozy, passo. Completamente. Nunca gostei de mocas de Rio Maior e não seria agora que ia mudar de orientação. Mesmo que servissem aquelas ― hoje ― para malhar na direita.

15 comentários:

Anabela Magalhães disse...

Está forte, irónico, crítico, bem humorado.
Gostei.

Anónimo disse...

Tudo isto é de um grande mau gosto e passível de processo-crime. Como tudo isto é possível?!?

Ana Cristina Leonardo disse...

Deduzo que o anónimo ameaçador seja adepto do estilo queres porrada? queres porrada? mas na versão sem dar a cara - o que torna a coisa francamente mais difícil

pedro vieira disse...

gostoso, gostoso

Anónimo disse...

Quem ameaça a inteligência é...V.Excia. E depois parece que fez constar que tinha uma costala judaica. Continue para gáudio da maralha,claro!

Anónimo disse...

Costela, obviamente! Olhe, peça mais uns trocados no Expresso...

fallorca disse...

Continuem, e essas costalas bem passadas....

nd disse...

Eu diria custela. O homem realmente é tenebroso, e o acólito anónimo acode, solícito. De facto, se fossem outras as circunstâncias.

Ana Cristina Leonardo disse...

ó anónimo, atão não lhe venderam o lítio lá na alemanha?

Anónimo disse...

" Se a lógica da falsa consciência não pode reconhecer-se veridicamente a si própria, a procura da verdade crítica sobre o Espectáculo deve ser também uma crítica verdadeira.É-lhe necessário lutar praticamente entre os inimigos irreconciliáveis do espectáculo e admitir estar ausente lá onde eles estão ausentes.
São as leis do pensamento dominante, o ponto de vista exclusivo da actualidade, que reconhece a vontade abstracta da eficácia imediata, quando ela se lança nos compromissos do reformismo ou da acção comum dos resquícios pseudo-revolucionários ".
Continue a mostrar as suas habilidades coxas e torpes: O M-Leninismo tipo assimil foi-lhe fatal...

Ana Cristina Leonardo disse...

ah, eu bem me parecia que era o chato do costume; mas olhe, entretanto dediquei-lhe um post; o resto terá mesmo de ir ao médico

Maldonado disse...

@Anónimo:
Não sejas mais papista que o Papa!
Recomendo-te que reserves um quarto no Júlio de Matos...

VFS disse...

http://intransmissivel.wordpress.com/2008/05/31/democracia-e-democratas/

Anónimo disse...

http://achatcialisgenerique.lo.gs/ cialis generique
http://commandercialisfer.lo.gs/ cialis pas her
http://prezzocialisgenericoit.net/ cialis acquisto
http://preciocialisgenericoespana.net/ cialis

Anónimo disse...

http://prixviagragenerique50mg.net/ commander viagra
http://prezzoviagraitalia.net/ viagra acquisto
http://precioviagraespana.net/ viagra