25/03/09

Confesso que Winnie the Pooh é o único taoista que conheço mas também é verdade que o adoro de pequenina

What Religion Should You Be?
You Should Follow Taoism

Eu sei que estes testes são uma treta mas aproveito para vos mostrar o Pooh em russo. [Sem negar que se o resultado tivesse sido Testemunha de Jeová ou assim ter-me-ia calado que nem um rato.]

9 comentários:

lili_one disse...

Ah, estes testes são óptimos para desanuviar a cabeça.

F disse...

Sim, sim. Este simpático ursinho e seus companheiros foram uma presença diária, durante vários anos, na minha vida. Sou fã.
Quanto a testes, devo dizer que a ideia de Taoismo até me agrada, mas a mim deu-me Atéismo! Não há hipótese!

João Lisboa disse...

"You Should Be An Atheist

So it's not really a religion. But that's the whole point.
You don't buy into the whole God thing... or you just don't care.

You may feel very alone in a world full of religious people.
But just remember, atheism has a long and rich intellectual history"

Pois é... tenho mesmo de deixar de dizer que sou agnóstico, sair do armário e reivindicar-me ateu.

Olha lá... a propósito, quando é que o "Tao Of Pooh" volta para casa?

Ana Cristina Leonardo disse...

Confesso que a única coisa que me chateia no ateísmo não é solidão ontológica, é o corte na imaginação.
João, já sabia que virias falar disso. Mas agora que vais - finalmente - sair do armário para que precisas do Tao?

F disse...

Corte na imaginação!?? Compreendo porque o diz mas não posso estar de acordo. A imaginação não tem que ir por aí. Por ser imaginação, pode ir por muitos outros lados, e se quisermos ir pelo universo fora poderemos começar já a conjecturar sobre a vida fora deste planeta... Sobre a lei de Lavoisier: tudo se transforma... Ser ateu não implica não ser místico.

Anónimo disse...

Isto deve ser da Primavera socrática à portuguesa! O que falta mais- Sexo, Escrituras e Teologia...- para um perfeito culto dos Escravos? Uns pózinhos de Cientologia,claro.Viva o Kamasutra! Pires

Ana Cristina Leonardo disse...

Pires?!!! Primavera socrática à portuguesa?! Escravos?! Cientologia?! Kamasutra?!
Hummmm, cheira-me a anónimo recauchutado...

João Lisboa disse...

"Mas agora que vais - finalmente - sair do armário para que precisas do Tao?"

O Tao, como o Zen, é tudo menos uma religião. Acho que foi o Brian Eno que disse - suponho que falava do Zen - que "era uma boa 'religião' para ateus e agnósticos".

Ana Cristina Leonardo disse...

pronto, está bem, vou reler e devolto.