03/11/08

A propósito da excelência dos nossos políticos: em Portugal já começámos a votar nas plantas

1. O líder do PS e primeiro-ministro José Sócrates durante uma sessão de demonstração da Bimby ― perdão, Magalhães ― em San Salvador: «Os meus assessores usam diariamente o Magalhães e não precisam de mais nada».
2. A líder do PSD e, presume-se, candidata a primeiro-ministro Manuela Ferreira Leite sobre as obras públicas e o combate ao desemprego: «(...) de Cabo Verde [e] da Ucrânia, isso ajudam. Ao desemprego de Portugal, duvido»
3. O humorista Lewis Black sobre as qualidades evolutivas dos políticos: «In my lifetime, we've gone from Eisenhower to George W. Bush. We've gone from John F. Kennedy to Al Gore. If this is evolution, I believe that in twelve years, we'll be voting for plants»
Ou seja, sou mesmo eu.

5 comentários:

Ana Sofia Couto disse...

Em relação a Manuela Ferreira Leite, começo a pensar que a política do silêncio era mesmo a melhor política. Para além de constituir uma boa inspiração para programas humorísticos, ajudou a criar a ideia de que o PSD estava ocupado (silenciosamente ocupado) com questões importantes ("estruturais") para o país.

-pirata-vermelho- disse...

Porque é que não temos um nº 4 (ou 3, em vez 'daquilo'...) com uma tirada do sr. Louçã e outros, com brilhantismos do sr. Portas e do sr. Jerónimo?


(Ficava mais giro...)

Anónimo disse...

Eu voto no nabo.

António

Vieira Calado disse...

Eu voto na arruda.

Afugenta as bruxas...

Cumprimentos

cds disse...

O líder do PS e primeiro-ministro José Sócrates durante uma sessão de demonstração da Bimby ― perdão, Magalhães ― em San Salvador: «Os meus assessores usam diariamente o Magalhães e não precisam de mais nada».

O que me fez rir esta frase...