16/09/08

Dilemas pós-férias ou algo parecido com isso

«Seria preciso ler Platão ao contrário» é um arranque que nem Iris Murdoch aguentaria. Talvez, em alternativa, «Chovem alfaborras por aqui». Ou soaria melhor, «Por aqui chovem alfarrobas»? Camus disse que elas «exalam um cheiro a amor». E isso em língua nenhuma se contesta.

7 comentários:

manuel disse...

Nada melhor que um poema inédito do Herberto:

http://bibliotecariodebabel.com/geral/o-inedito-que-afinal-ja-tinha-sido-publicado/

fallorca disse...

Está viva!!! Saia uma fatia de tarte de alfarroba...

João Lisboa disse...

"alfaborras"?

Ana Cristina Leonardo disse...

Manuel, inéditos, inéditos julgo que só no Continente
Fallorca, viva da costa (ou vinda da costa) - e por acaso ainda tenho ali um resto de tarte da dita
João, já estiveste por perto de uma alfarrobeira em plena actividade? As alfarrobas fazem um barulho a cair que parecem cocos...

fallorca disse...

Ahhhhh, agora parece-me compreender a demora do "Volto já". A Pastelaria foi pintada, não foi? Com uma corzinha mais a condizer com o fumo da cigarrada.

Ana Cristina Leonardo disse...

Com uma corzinha mais a condizer com o fumo da cigarrada

Eu não falei em cigarras, falei em alfarrobas

fallorca disse...

Que me conste, as cigarras não são alérgicas ao fumo dos cigarros e tal...