25/02/08

A excelência do inglês técnico (nota 15) da West Coast: no Allgarve sempre se fala melhor

BICÓZE DIZE ECT IZANECT DETUIDU BICÓZE*

(*título inspirado no Provas de Contacto)

15 comentários:

João Lisboa disse...

"Bicóze diza ect izaet detuidu"!...

Tu desculpa mas eu vou-te roubar isto...

Ana Cristina Leonardo disse...

rouba, rouba

fallorca disse...

Bicóse este maremace, este ane na vai haver griséus de jête, déb... Mas temos for sailes pra vender :P

Ana Cristina Leonardo disse...

ah móce marafade, na há griséus há alcagoitas!

fallorca disse...

ah, mecinha, antes uns xarrinhes alimades, déb... cas alcagóitas comprometem o sacudir, malina!

Ana Cristina Leonardo disse...

xarrinhes alimades, definitely!

fallorca disse...

Definitivelis, na temes, mecinha... Mas há uns frasquinhos de biqueirões no Parchal, porta a porta, de fazer estalar a linguinha... mói-te, déb... :P

Ana Cristina Leonardo disse...

Mó déb, em olhão servem uns biqueirões albardades...

fallorca disse...

Hummmmm... (que é como quem abana o pezinhp, enquanto espera pelo barco prá ilha do Farol)

Ana Cristina Leonardo disse...

ora, ora...
e agora vou trabalhar que a mim ninguém me dá 15 à borla

João Ventura disse...

Vejo que não só têm o vosso inglês de Alvor em ordem como também algum receituário bem aviado. Cá por mim vou jantar agora um tamboril com ervilhas. São servidos?

Ana Cristina Leonardo disse...

inglês de Alvor?!!!
eu aqui só falei olhanense, embora tenha tido um bisavô de Ferragude

fallorca disse...

Tamboril com griséus, cenourinha e batata doce? Vou experimentar este fim de semana ;)
Sempre é melhor que ir diner à Bica, no Alvor, déb...

Ana Cristina Leonardo disse...

oh my god, batata-doce!

fallorca disse...

É god, é... e gude nem se fala