28/09/07

JEWISH KLEZMER vs GIPSY MUSIC


Do filme Train de Vie, para a Miriam. Hoje.

7 comentários:

Sapka disse...

Belo. Não sei que filme é esse, mas no fim vai tudo para o campo de extermínio, não?

ana cristina leonardo disse...

Como o filme é uma comédia, para onde vão no fim é irrelevante. Na realidade, e apesar da tragédia, continuam, felizmente, a existir judeus e ciganos no mundo. Mais alguma dúvida?

manuel disse...

Não vi o filme, mas acho este excerto lindo mesmo.

Sapka disse...

"Mais alguma dúvida?" como forma de diálogo é um bocado corte. Mas agora apetece-me falar e está aqui esta simpática caixinha. Se eu lhe disser que gosto muito de música cigana romena (aquela é do Taraf de Hajduk) e também muito de klezmer, talvez perceba melhor o porquê do qualificativo de belo que eu usei para aquele trechozinho de filme. A minha pergunta também se justificava, porque vi lá uns nazis e tem algo a ver com "train de vie", que como você sabe é uma expressão com pelo menos dois sentidos, imaginando eu que seria porventura uma alusão aos combóios da morte nazis.

ana cristina leonardo disse...

sapka, o corte tentou ser o mais polido possível, mas a expressão «vai tudo» teve o condão de me irritar, em particular numa altura em que um grupo de trogloditas resolveu tornar explícito o seu anti-semitismo profanando o cemitério judaico de lisboa.

Sapka disse...

Ana, essa irritação ao "vai tudo" é um caso de overreaction que não vale a pena comentar. A sério! Se eu não tivesse entretanto ido ao IMDB, ficava na mesma. Já tive resposta às minhas perguntas. Boa noite e as melhoras.

ana cristina leonardo disse...

sapka, as melhoras para si também, se for o caso. Oxalá não