29/06/07

É a saúde, estúpido! (II)

Ricardo Gonçalves (dirigente da Secção de Saúde do PS/Braga) veio tentar pôr água na fervura dizendo à Agência Lusa que o ministro da Saúde teve conhecimento da colocação da fotocópia num placard do Centro, «mas não ficou nada incomodado por isso, tendo a decisão sido tomada por aqueles factores e não por esse».
Esqueci-me dos factores, blá, blá, blá... Mas depois lê-se no Diário da República
«Pelo despacho (...) do Ministro da Saúde, de 05 de Janeiro, foi exonerada do cargo de directora do Centro de Saúde de Vieira do Minho a licenciada Maria Celeste Vilela Fernandes Cardoso, com efeitos à data do despacho, por não ter tomado medidas relativas à afixação, nas instalações daquele Centro de Saúde, de um cartaz que utilizava declarações do Ministro da Saúde em termos jocosos, procurando atingi-lo».
Adiante. Só uma pergunta.
Se a geografia não me engana, Vieira do Minho é bué, bué longe do gabinete do Ministro e, mesmo que não fosse, pouca diferença faria porque Correia de Campos não frequenta Centros de Saúde.
Então, como raio foi ele saber da colocação do cartaz jocoso?

2 comentários:

Anónimo disse...

Já lêem o Jornal oficial da República Portuguesa!!!

ana cristina leonardo disse...

Caro anónimo, então onde é que julga que vou buscar inspiração para os meus Pensamentos Reconfortantes Antes De Ir Para A Cama?