03/10/13

Razão tem o Cavaco: isto há gente mesmo masoquista

"Descobri a escrita do Valter Hugo Mãe numa tarde chuvosa de 2010. O "remorso de baltazar serapião" caíra-me no colo sem pré-aviso e, sem mais nem quê, abarbatou-me pelos colarinhos para me largar apenas depois da desfolha da última página. Arrasado com tamanho talento, só me saíram duas palavras: quero mais."

Excerto de "Carta Aberta a Valter Hugo Mãe", Nelson Nunes, publicada AQUI

5 comentários:

fallorca disse...

:)

Anónimo disse...

estou (?) abarbatado!

m.a.g. disse...

Eheheh. E ainda dizem que os homens não têm orgasmos múltiplos.

Faty Laouini disse...

lol

Moyle disse...

desfolha. ahahahahahahahahahahah