24/05/13

Eu até percebo que alguém possa considerar que se excedeu no calor de uma conversa, mas fazer queixinhas é feio.


Clicar na imagem para aumentar

4 comentários:

josé luís disse...

e se fosse ao contrário, como era?

Carlos Azevedo disse...

Grande conas! Nem a progenitura honra.

samartaime disse...

Eu chamo-lhe emplastro constitucional, «o Silva», «silvedos», Sr. Silva , «cavaco restante da oliveira», etc., conforme os humores do momento e estou-me nas tintas para a figura.
Há 40 anos que a existência do montanheiro me insulta e não houve provedor, constituição ou democracia que me valesse. Que se lixe a taça que é de papelão!

Quanto ao Sr. Escritor, esperava o quê?
Não sabe que os jornalistas são sempre os culpados? ( A ubiquidade não dispensa)

fallorca disse...

Os salsicheiros editoriais devem estar a fazer horas extraordinárias a olear as máquinas registadoras. O «escritor» não tem um novo livro na calha? É que não havia melhor oportunidade para ser «excessivo»