20/02/13

O estado na nação

Outros povos receberiam os governantes à tomatada. Outros ainda, à pedrada.
Nós recebemo-los com cânticos.
E ainda há quem se queixe do civismo. 
[Claro que haverá sempre quem diga que começam a cantar e qualquer dia fumam...]

5 comentários:

pilantra disse...

Eu queixo-me é de ter ouvido o Relvas a cantar! Livra! Devia dar direito a isenção de impostos para toda a vida.
Cada vez que o vejo na tv lembro-me logo do « vai misero cavalo, lazarento».



Q disse...

" que começam a cantar e qualquer dia fumam..."
Ahahah!

Carlos Azevedo disse...

Bem, pode-se sempre começar a cantar isto: http://youtu.be/ljvd-j9bo7Y.

(as caixas de comentários dos posts do Luís Jorge são uma enciclopédia)

Ana Cristina Leonardo disse...

Ah! Ah! Ah!
já é a segunda, Carlos :)

Carlos Azevedo disse...

Ao dispor, Ana Cristina! Não ofereço tanto como a Alexandra G., mas, modéstia à parte, proporcionar uma boa gargalhada, sobretudo nos tempos que correm, tem que se lhe diga! :-)))