14/07/12

Tudo isto é triste, tudo isto existe, tudo isto é fado

Cavaco Silva, montanheiro de sequeiro sem um pingo de grandeza cujo projecto para o país se resumiu a asfaltá-lo, que levou aos píncaros tudo o que o novo-riquismo tem de pior, que se rodeou de gente que devia estar na cadeia e que cada vez que abre a boca me envergonha de ser portuguesa, vem dizer que os portugueses se tinham acostumado à "vida fácil".
"Vida fácil" que ele promoveu, que os patos bravos seus amigos promoveram, que os tipos das jogadas financeiras promoveram, e que o grande Sócrates continuou acrescentando-lhe a patine das fatiotas de bom corte. É preciso não ter vergonha na cara!

5 comentários:

Carlos Azevedo disse...

É preciso nem cara ter!

cs disse...

Uma ideia de punição arrepiante, uma ideia de mentes formatadas num período salazarento e cinzento, onde os erros seriam punidos e as boas ações premiadas. Um periodo mixado num pós modernismo nunca existente, muito menos num Portugal - PSD. Este Cavaco e estes Coelhos e estes idiotas nem nunca perceberam nada do mundo. Estes seres inteletualmente são umas amibas.
Pronto, reli o que escrevi e esta sou eu em modo "ENRAIVECIDO". Odeio tanto este País que coloca no seu leme estes seres, se bem que nem sei que outros lá pôr..raio de País, Mundo este;(

trepadeira disse...

Está aí tudo.
Estão defuntos.
Não tarda nada que o diabo os leve.

Abraço,
mário

henedina disse...

cs enraivecida fico eu.
Não insulte as amebas.

Anónimo disse...

A Ana Cristina qualquer dia ainda vai ver o link para o seu blog removido da lista de links do pdp.