15/01/12

Da superioridade da literatura, enquanto arrumo na estante "O Colosso de Maroussi" de Henry Miller

«— You don’t have much use for politics?
None whatever. I regard politics as a thoroughly foul, rotten world. We get nowhere through politics. It debases everything.
— Even political idealism of Orwell’s sort?
Especially that! The idealists in politics lack a sense of reality. And a politician must be a realist above all. These people with ideals and principles, they’re all at sea, in my opinion. One has to be a lowbrow, a bit of a murderer, to be a politician, ready and willing to see people sacrificed, slaughtered, for the sake of an idea, whether a good one or a bad one. I mean, those are the ones who flourish.»
Daqui e aqui (em português)

5 comentários:

maria disse...

Estou a terminar de ler a versão em português. Um livro maior.

io disse...

Este livro é um colosso. De uma actualidade gritante. Nem devia ir para estante. Deveria estar na mesa de cabeceira de muito boa gente.

io disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fado Alexandrino disse...

Li (várias vezes) dele o Opus Pistorum e já estou como aquele árabe que dizia que só precisava de ler um livro na vida, o Corão porque nenhum outro traria nenhuma novidade.
Parece-me o caso.

Ana Cristina Leonardo disse...

este não é porno mas (tb.) vale a pena