29/11/11

Tudo isto existe, tudo isto é triste, tudo isto é fado



Sem comentários: