22/09/11

Eduardo Pitta descobriu que, afinal, Sócrates não era o salvador da pátria... e em seguida foi comer profiteroles

O blogger Eduardo Pitta não faz a coisa por menos: "a Europa está à beira da implosão" e Portugal "não conta no desenho do novo Reich".
Seguro do seu radicalismo apocalíptico que, garante, será revelado ao mundo no prazo de 15 dias ou, pelo menos, até ao Natal, conclui que andamos a perder tempo com miudezas: "o governo que está é irrelevante. Este ou qualquer outro (menos acriançado)".
O itálico é dele e os profiteroles também. É o que dá, dez anos depois, querer imitar o estilo mordaz, seco e inimitável de Bellow.
Como diria (e disse), a propósito de Mark Steyn, Martin Amis (escritor igualmente mordaz e seco e com a grande vantagem de ter convivido longamente com Bellow antes de este ter morrido): "dei por mim a decidir que o sentido de decoro do Sr. [Pitta] deverá ser quase inumanamente escasso."

18 comentários:

m. disse...

Ainda bem que vim aqui. Tinha acabado de ler o Pitta e pensei: é melhor ir ali à cozinha cortar os pulsos. Na Pastelaria lembraram-me que há M. Amis e Bellow.
Fico.

Ana Cristina Leonardo disse...

m.,que sorte ter ido à pastelaria e não à cozinha...
-:)

pvnam disse...

-> Muito muito mais importante do que a crise... é o DIREITO À SOBREVIVÊNCIA!
Resumindo e concluindo: Não vamos ser uns 'parvinhos-à-Sérvia'.... antes que seja tarde demais, há que mobilizar aquela minoria de europeus que possui disponibilidade emocional para se envolver num projecto de luta pela sobrevivência... e SEPARATISMO!...
.
Nota: Quando se fala em SEPARATISMO-50-50... não se está a falar em apartheid, mas sim, em LUTA PELA SOBREVIVÊNCIA, ou seja, separatismo puro e duro: uma Nação, uma Pátria, um Estado.
.
.
P.S.
-> Uma NAÇÃO é uma comunidade de indivíduos de uma mesma matriz racial que partilham laços de sangue, com um património etno-cultural comum.
-> Uma PÁTRIA é a realização e autodeterminação de uma Nação num determinado espaço.
-> Ora, existindo não-nativos JÁ NATURALIZADOS com uma demografia imparável em relação aos nativos... como seria de esperar, abunda por aí muita conversa para 'parvinhos-à-Sérvia'.


ANEXO:
-> Neste texto faz-se referência à situação de, frequentemente, ser preferível "poucos mas bons".
-> Não podemos pactuar nem com os 'Democratas Holocáusticos' - são aqueles que pretendem democraticamente determinar a eliminação de Povos/Identidades -, nem com aqueles que se estão a borrifar para 'isto' ["quem vier a seguir que feche a porta"] visto que o DIREITO À SOBREVIVÊNCIA é um Direito Universal... assim sendo: há que respeitar aqueles que possuem disponibilidade emocional para se envolver num projecto de luta pela sobrevivência.

Ana Cristina Leonardo disse...

pvnam, fiquei sem qq disponibilidade emocional depois de ler o seu comentário...

Hugo da Graça Pereira disse...

Embora compreenda a necessidade da Ana em ventilar aqui após ler o blog do Sr. Pitta, eu - que até gosto de cá vir lambuzar-me um bocado - apanhei uma indigestão de todo o tamanho com esta ligação. Irra que néscio aquele homem...

Ana Cristina Leonardo disse...

apanhei uma indigestão de todo o tamanho
Hugo, terá sido algum profiterole estragado?
-:)

Anónimo disse...

Na sequência do último comentário, proponho que, a partir de agora, o crítico e autor Eduardo Pitta passe a ser designado neste blog por Néscio Pitta ou, mais na linha do acordo ortográfico, Nésciopitta (tudo pegado, tipo minissaia).

Ana Cristina Leonardo disse...

Caro anónimo, apesar de já ter ultrapassado a idade de poder usar mini-saia sem me sentir vagamente ridícula, ou talvez por isso, insisto no hífen

Hugo da Graça Pereira disse...

Oh Ana, não se culpe os profiteroles coitados! As indigestões que o Néscio-Pitta (amei esta) causa são mesmo devido às suas intervenções sebosas...

Anónimo disse...

Sempre a agradar ao João Gonçalves!!! A coisa promete...

Ana Cristina Leonardo disse...

Promete, o quê? E logo com 3 pontos de exclamação. Queres ver que o anónimo sabe de alguma coisa que eu não sei?

João Lisboa disse...

O povo libertou a camarada Leonardo!

Ana Cristina Leonardo disse...

João, aquela mierda do danificar e o raio que os parta continua no google. Vieste pelo teu link?

henriquedoria disse...

Nada de confusões: ele é Pitta e não é pito.

João Lisboa disse...

"Vieste pelo teu link?"

Isto ora está bloqueado, ora não está. Esteve, deixou de estar, voltou a estar, já não está outra vez (sim, vim pelo meu link, como das outras vezes... mas, agora, só para confirmar, fui tentar via-Google e o biombo lá continua!)

Ana Cristina Leonardo disse...

pelos links já não aparece o aviso, mas no google o meu humilde tasco continua a ser vergonhosamente vilipendiado. Enfim, esperemos com serenidade até amanhã. O pedro já fez tudo; resta aguardar. Ah! eu já lhe agradeci, mas podes, e deves, agradecer-lhe de novo

antónio cabrita disse...

bom, depois de meia-hora de espaldar e de outra pirotecnia tecnica (o meu teclado e sul-africano, nao tem acentos)cheguei a conclusao de que foi o Pitta quem embruxou a hiperligacao do meu blogue para o teu, pois nao encontro outra explicacao razoavel para tamanha desrazoabilidade sinaptica. nao e bonito desculpar-me com plinto alheio mas neste caso coincidimos e ajusta-se-me ao pe. para te compensar pus um post em que falo de alguma gente de quem tu gostas, beij, antonio cabrita

Ana Cristina Leonardo disse...

António, sê bem-vindo a esta humilde pastelaria, entretanto desembruxada. outro beijo para ti