27/03/10

Coisas que me reconciliam com o mundo


Uma grande lição de humanidade, a partir da música. Por Benjamin Zander.

Um daqueles exemplos que nos dá esperança de que talvez possamos mesmo morrer menos estúpidos do que nascemos.

Roubado daqui.

4 comentários:

io disse...

esplêndido, Ana Cristina, esplêndido.
E, muito, muito obrigada pelo generoso link: anda um corrupio pelo A&OD!

Ana Cristina Leonardo disse...

ora essa... espero que fiquem com um brilhozinho nos olhos

Carlos Azevedo disse...

Sim, também agradeço o link. É, de facto, uma enorme lição - de tudo!

Guidinha Pinto disse...

Não conhecia o Maestro Zander. Obrigada. Mais do que música clássica, agradeço haver pessoas como esta que me comovem no bom sentido quando contam estorias e tocam para nós.
Está mesmo a ver que lho vou roubar, também.
Obrigada.