23/10/08

Não lhe deram o Nobel, mas ao menos deram-lhe o Sakharov

Hu Jia, o activista chinês dos direitos humanos que o governo de Wen Jiabao condenou, no passado mês de Abril, a três anos e meio de prisão, recebeu o prémio Sakharov, prémio criado pelo Parlamento Europeu em 1985 para homenagear personalidades ou organizações que se destaquem no combate pela liberdade. A China, que tinha exercido imensas pressões para que o Nobel da Paz não fosse entregue a Hu Jia, já fez saber que considera esta atribuição uma ingerência nos seus assuntos internos. Será. Mas vai ter que ingeri-la.

2 comentários:

Táxi Pluvioso disse...

Os prémios políticos são isso mesmo. Dados para chatear alguém.

t.o r.k.m u.r p h.y... disse...

dado por hipócritas para chatear hipócritas... ou seja, ficou em casa...