04/12/07

Citações sobre Jornalismo Dedicadas a José Manuel Fernandes e Hugo Chávez. Servidas à Borla, com os Cumprimentos da Pastelaria

Edward Eggleston: «O jornalismo é coscuvilhice organizada»
Ellen Goodman: «No jornalismo, existiu sempre tensão entre falar primeiro e falar verdade»
Mark Twain: «Não sou editor de jornal, e tentarei sempre ser bom e portar-me bem para que Deus nunca me transforme num»
Graham Greene: «Uma das razões que, cada vez mais, leva os romancistas a distanciarem-se dos jornalistas é que os romancistas andam a tentar escrever a verdade e os jornalistas andam a tentar escrever ficção»
Karl Kraus: «Jornalista: uma pessoa sem ideias mas com habilidade para expressá-las; um escritor cujo talento melhora com o prazo de entrega do texto: quanto mais tempo tem, pior escreve»
G. K. Chesterton: «O jornalismo consiste, em larga medida, em dizer que "Lorde Jones faleceu" a pessoas que não sabiam sequer que Lorde Jones alguma vez estivera vivo»
Frank Zappa: «Os jornalistas do Rock são pessoas que não sabem escrever entrevistando pessoas que não sabem falar para pessoas que não sabem ler»
Carl Sandburg: «Os jornais dizem por antecipação o que vai acontecer — talvez»
Stuart Paddock: «O que nos guia é dizer a verdade, temer a Deus e fazer dinheiro»
Charles Tatum (aliás, Kirk Douglas, em Ace in the Hole, filme de Billy Wilder de 1951): «Consigo lidar com grandes notícias e com pequenas notícias. E se não houver notícias nenhumas, saio à rua e mordo um cão».
Neste caso não era preciso.

[Aos visitantes da Pastelaria baralhados com esta borla a José Manuel Fernandes, informo que o Público, jornal de que é director, noticiava ontem (3/12/2007) na primeira página: «Venezuela diz "sim" à proposta de Chávez, oposição apela à vigilância». Como 3 de Dezembro não foi dia das mentiras e Hugo Chávez perdeu nas urnas, supõe-se que a chamada de capa do Público de hoje seja: «José Manuel Fernandes, enganado por uma astróloga de Sintra, mantém a fé nos Pastorinhos de Fátima: a derrota de Chávez foi um milagre!»

5 comentários:

Táxi Pluvioso disse...

Também fiquei espantado com esse título. (As parangonas são as únicas coisas que leio nos jornais. Se for enganado, sou-o com poucas letras e poupo na MultiOpticas). Estou curioso para conhecer a primeira página de hoje.

Creio que é uma boa estratégia editorial. Manda-se a peta primeiro. No dia seguinte, as pessoas têm de comprar o jornal outra vez para ler a "verdade".

ana cristina leonardo disse...

Acho que é pior do que isso

Táxi Pluvioso disse...

Afinal o Zé não disse grande coisa. Citou-se com data de ontem:

"Muitos autocratas fazem-se reeleger sem necessitarem de desenvolver os seus países ao tirarem partido da renda de riquezas como o petróleo. Até podem matar a fome no curto prazo, mas hipotecam o futuro".
Atribuído a José Manuel Fernandes mas já ouvi esta conversa no Vicente Fox.

Não sabe que amanhã estamos todos mortos. Então se não comermos...

Luis Eme disse...

Ainda não espreitei a página do jornal de hoje, mas estou curioso, até porque esse senhor, finge ser o mais "puro" e "sério" dos directores de jornais da nossa praça...

Claro que vem aí desculpa,se não for hoje é amanhã...

Anónimo disse...

Esses " tipinhos " da órbita da UDP/ Grito do Povo fartaram-se, de cumplicidade com o PS e seus " liberais", de arranjar tachos,mordomias,rendas...De vez em quando,lá se lembram de pagar...o atrazado da " dívida" aos seus tutores/protectores...Ou, mais grave, passam-se, com armas e bagagens, para a constelacao dos partidos da Direita lusa. FAR