18/09/07

O Jogging Leva-nos Longe. Às Vezes

A viagem foi relâmpago; quanto à velocidade a que correu Sócrates, não sabemos. Da agenda, o reforço sempre anunciado das relações entre a Europa e os EUA, seguido do usual carpido sobre a situação na Palestina, Afeganistão e Iraque. Enfim, a cefaleia do costume chamada Médio Oriente. Ah, e a questão do Kosovo.
E se nada de novo nos chegava do reino da Dinamarca, também nada de novo nos chega agora do Estado de Washington DC. Sócrates disse o que era de se esperar que dissesse e falou em inglês (não apenas técnico, supõe-se). Que Bush é amigo; que seria bem-vindo.
De tudo, o mais notado foi o elogio do chefe da Casa Branca à forma física do nosso Primeiro: «um exemplo para o mundo».
Run por run, desentubei isto:

E ainda descobri isto:

que, por acaso, fiquei a saber ter ganho o Grande Prémio da Cidade do Fundão 2006, do Festival IMAGO.
Confesso, porém, que a primeira coisa que me veio à cabeça foi o fabuloso livro Rabbit, Run de John Updike (um dos grandes romancistas norte-americanos vivos), recentemente reeditado em Portugal.
Embora, claro, ter nascido para correr não seja definitivamente para todos. Como se prova:
Contas feitas, e antes que me lembre de mais alguma coisa, não sei se hei-de agradecer a Bush ou ao nosso Sócrates.
PS - Por falar em agradecimentos, já me esquecia: segundo o site Iraq Body Count, aqui, o número de mortos no Iraque oscilava hoje, às 17h15m, entre os 72 596 e os 79 187. Run baby run.

3 comentários:

manuel disse...

Não! Não! O coelhinho foi com o pai natal e o palhaço de comboio ao circo!

ana cristina leonardo disse...

não é do meu tempo

Táxi Pluvioso disse...

Killed by numbers:

In the week in which General Patraeus reports back to US Congress on the impact the recent ‘surge’ is having in Iraq, a new poll reveals that more than 1,000,000 Iraqi citizens have been murdered since the invasion took place in 2003.

Previous estimates, most noticeably the one published in the Lancet in October 2006, suggested almost half this number (654,965 deaths).

These findings come from a poll released today by ORB, the British polling agency that has been tracking public opinion in Iraq since 2005. In conjunction with their Iraqi fieldwork agency a representative sample of 1,499 adults aged 18+ answered the following question:-

QHow many members of your household, if any, have died as a result of the conflict in Iraq since 2003 (ie as a result of violence rather than a natural death such as old age)? Please note that I mean those who were actually living under your roof.

None78%
One16%
Two5%
Three1%
Four or more 0.002%

Given that from the 2005 census there are a total of 4,050,597 households this data suggests a total of 1,220,580 deaths since the invasion in 2003.

Há um livro que ainda não foi escrito: "Salta pocinhas salta".