03/07/22

E AGORA PARA ALGO COMPLETAMENTE DIFERENTE: O VALTER! O VALTER!

Em São Paulo, onde nem sei se Marcelo chegou ou não a almoçar com Bolsonaro, desembarcaram para a Bienal do Livro 21 autores e 2 chefs de cozinha (sic).
Já me estando a rir com os chefs, leio em seguida que Portugal é o convidado de honra e adoptou como mote para a sua participação uma frase de Valter Hugo Mãe. Tremo! 
E a frase é: «É urgente viver encantado».
Engasgo-me com o gaspacho, assusto as cadelas com o movimento abrupto da cadeira e parafraseio mentalmente o Woddy Allen: Cada vez que ouço falar no Valter, só me apetece que invadam Portugal. 

4 comentários:

Ricardo Amaral disse...

Em vez de almoçar(com quem convidou)foi almoçar polvo...perdão foi falar com o Lula(escolha clara,tal como por cá apoia-se os amigos vermelhos(mais ou menos garridos) e afronta-se todos aqueles que não gostam do vermelho).

Ana Cristina Leonardo disse...

O polvo é um animal mais inteligente do que o cão. Pessoalmente, evito comer.

alexandra g. disse...

O polvo e o gato têm inteligências semelhantes. A primeira característica é a curiosidade. Também escapam a labirintos, habituados que estão a uma vida furtiva.

Ana Cristina Leonardo disse...

alexandra, gatos é com o João :)))